• BRASIL – BR

Ativos Intangíveis

Consultorias – Soluções Globaw®
Ativo Intangíveis 05

Ativos intangíveis constituem-se na propriedade imaterial das empresas, cujo conjunto é composto por elementos tais como:

  • Recursos Humanos
  • Software
  • Carteira de Clientes
  • Concessões
  • Patentes
  • Marcas
  • Direitos Autorais
  • Tecnologia
  • Know-How

 
Para que serve a avaliação destes bens?

  • Garantias fiduciárias, principalmente para empresas prestadoras de serviços que não tem lastro em bens de capital.
  • Integralização de capitais na empresa para posterior abertura do capital ou outras operações financeiras e comerciais.
  • Venda de uma empresa.
  • Abertura da empresa para franquias.
  • Entrada de novos sócios.
  • Saída de sócios.
  • Dissolução de sociedades.
  • Distribuição acionária no aporte de novos capitais.

 
Metodologia
Os três métodos de avaliação:

Os três métodos básicos de avaliação de bens intangíveis, envolvem cada um, de per si, variáveis tangíveis e naturalmente contábeis provenientes de bens materiais ou de ativos patrimoniais, que fazem parte de qualquer metodologia econômica ou administrativa de avaliação de bens em geral.

Historicamente, a avaliação de um bem remonta a um passado longínquo, e pode ser facilmente compreendida a partir do momento em que se estabelecem as primeiras relações de troca e posteriormente a compra e venda de bens nas diversas civilizações da antiguidade.

Nesse ato ficaram estabelecidos os primeiros parâmetros de avaliação de bens, mesmo que alguns conceitos de valor apresentassem diferenças ou variações se comparadas umas culturas com outras. Como acontece com o curioso conceito de valor, que prevalece até hoje, entre a maioria indígena que ainda povoa a América Latina onde quanto mais velho e usado for um bem maior será seu valor.

Com a evolução dos sistemas econômicos surge necessidade de instrumentalizar meios que permitam o desenvolvimento das relações comerciais, que facilitem numa linguagem cada vez mais universal estas mesmas relações e apontem soluções práticas dentro de um universo extremamente exigente.

Novos conceitos de valor apontados pelas estratégias de Mercadologia, vem alterando a visão e o conceito de valor que se tinha, sobre tudo no que diz respeito às Marcas Registradas e o papel que as mesmas desempenham nas relações com o consumidor.

Por tanto, a avaliação econômica de bens intangíveis vem delineando-se, a cada dia com mais firmeza, como um instrumento no auxilio às relações comerciais.

A metodologia empregada na avaliação de ativos intangíveis foi criada no pós-guerra nos Estados Unidos, e vem evoluindo daquela data até os dias de hoje do ponto de vista ético e técnico. A cada dia a necessidade e a metodologia aplicada na avaliação de bens intangíveis são melhor compreendidas, contudo, este tipo de abordagem ainda é bastante polêmica.

São três basicamente os métodos empregados para a avaliação de bens intangíveis, podendo ser utilizados combinadamente entre si ou de forma isolada:

  • Valor de mercado:

É o valor alcançado pelo bem a ser avaliado que depende do interesse do mercado, na base da lei da oferta e da procura.

Em termos práticos, o valor de mercado é o valor real de um bem qualquer, já que o mesmo se encontra sujeito à disponibilidade, ou não, dos valores efetivos para as transações de compra e venda no mercado no momento de concluir-se a operação comercial.

  • Custo:

É o valor proveniente do resultado numa avaliação onde são consideradas as variáveis que envolveram o investimento necessário para um bem intangível alcançar determinada performance.
 
O custo de investimento poderá considerar ou não valores subjetivos que oneram ou não o valor de um negocio como um todo.
 
Estes valores subjetivos dependem, na sua aplicação, das estratégias escolhidas para atender a necessidade que visa ser suprida através de uma avaliação, isto é: o objetivo a ser alcançado com a avaliação, podendo ser claramente exemplificado no tratamento da formação do custo das empresas do governo oferecidas à iniciativa privada através de leilões públicos.
 
O custo de um bem intangível é conhecido como BRAND EQUITY.

  • Renda:

É o valor atribuído a um bem intangível a partir da rentabilidade pressuposta que o mesmo venha a gerar para uma empresa.
 
Geralmente calcula-se dentro de uma projeção futura que se estende para os próximos dez anos da data de avaliação do bem.

Os conceitos envolvidos dentro deste tipo de metodologia de avaliação são conhecidos como GOOD-WILL.

 

Globaw® – Lider em Performance.